Serra do Cipó

Juquinha

Categoria : Serra do Cipó |

A estátua do Juquinha é uma homenagem ao andarilho que hoje faz parte da história da Serra do Cipó. A escultura, feita de cimento, com aproximadamente 3 metros de altura, foi construída sobre um platô, proporcionando uma bela visão panorâmica de toda a Serra.

Juquinha foi um personagem real que vagava pelos campos colhendo flores, mudas e raízes para depois oferecê-las aos turistas, ou trocá-las por objetos de seu interesse e até mesmo comida. Qualquer coisa lhe servia como objeto de troca, pois o que importava era interagir com os visitantes da região.

Sua forma simples de conviver junto à natureza, e apego às montanhas, onde vivia, fez do Juquinha uma figura extremamente popular e querida. Várias lendas rondam até hoje, sua história, e há quem afirme que se tratava de um duende ou mesmo um ET.

Tais fatos se devem, sobretudo, à doença rara que o acometia, a catalepsia, que fazia com que seu coração parasse de bater, parecendo morto e, passado algum tempo, “voltando á vida”. Assim, houve mais de um velório do Juquinha, que, aparentemente por milagre, se levantava de repente do caixão, para assombro de todos.

O Juquinha da Serra nunca se casou, e morreu no ano 1983. Sua estátua foi erguida em 1987, no Alto da Serra do Cipó e atualmente é considerada um símbolo e até protetor da Serra.

Localização: Rodovia MG 010 Km 117 – Alto do Palácio- Santana do Riacho

Haw Comunicação